Brasil ainda precisa de 3,3 milhões de tons de trigo para suprir a demanda interna, e valorização cambial dificulta negócios

Por Maíra Laskoski 

Os preços do trigo nas principais regiões produtoras começaram a semana em patamares estáveis, explicado pela dificuldade na contratação de fretes que têm limitado as negociações no mercado tritícola interno. 

No Paraná, os preços valorizaram 0,6% na semana, no Rio Grande do Sul valorização semanal de 0,9%. Em Santa Catarina a ausência de cotações é explicada pela inativação do site em função da legislação eleitoral. 

Continue lendo em http://www.afnews.com.br/trigo-brasil/brasil-ainda-precisa-de-3-3-milhoes-de-tons-de-trigo-para-suprir-a-demanda-interna-e-valorizacao-cambial-dificulta-negocios.html

Mais Notícias